MOMENTOS DECISIVOS

Quer uma Apresentação tipo Apple ou tipo Microsoft? E o que é que o Flat Design tem a ver com tudo isto?

Comunicacao
1.413 views

Flat_Design_1

– Quero uma apresentação tipo Apple!

– Tipo Apple?

– Sim! Bem clean!

Este tipo de conversa sobre o famoso “estilo Apple”, muito frequente no nosso dia-a-dia, está a ficar cada vez mais complexa e confusa. Principalmente porque existe um estilo, também muito “clean”, que tem ganho cada vez mais adeptos, o Flat Design, ou Design Plano.

Será Clean igual a Flat Design?

Diferente da característica “clean” da Apple, o Flat Design apresenta-se como uma oposição a um outro tipo de design, também muito utilizado pela mesma Apple nos anos 80 com a introdução da ideia de “desktop”. Este outro tipo chamado de skeumorfismo (palavrão que vem do grego e significa ferramenta da forma) consiste numa imitação de algum elemento por outro de diferente material. Pela Apple foi muito utilizado para simular botões, teclados, prateleiras, cadernos e mais uma infinidade de elementos analógicos num interface digital.

Simplificando…

Flat_Design_2

Se levarmos em conta o quanto não estávamos acostumados a interagir no meio digital, este estilo de imitação serviu como uma grande escola para todos os que viveram a revolução online que aconteceu nos últimos 30 anos.

Mas os tempos mudaram!

Hoje em dia uma criança de 3 anos já põe o dedo na TV e arrasta para o lado à espera de mudar de canal, aumentar o volume ou até interagir com o Pocoyo. Hoje já não existe a necessidade de ensinar a agir no mundo digital/online. Nascemos e vivemos nesse meio!

E é aí que entra o Flat Design

Ele surge num momento em que o foco, mais do que nunca, está no utilizador. Criado para evidenciar e facilitar a informação, tudo o que é supérfluo ou cause o mínimo de ruído na comunicação, é eliminado. Gradientes, relevos, sombras, texturas, contornos, reflexos e por aí em diante… O Flat Design veio para simplificar! Simplificar o nosso dia-a-dia. E quando nos deparamos com ele, sentimos um certo alívio pela facilidade de compreensão e pela despoluição da informação que nos é apresentada.

Já existente há muitos anos e bastante difundido pelo Design de Produto, o Flat Design pode ser conhecido pelo nome de Modernismo. O conceito do Modernismo utilizado principalmente pela Bauhaus e Escola de Ulm baseava-se nos mesmos conceitos do Flat Design actual, que consiste no foco praticamente total na função.

Popularização

Ironia do destino! Foi justamente pela arqui-inimiga da Apple que o Flat Design se tornou popular. Com o lançamento do Windows 8, a Microsoft trouxe à tona estes mesmos conceitos modernistas já utilizados em produtos. E é aqui que tudo começa!

Desde este lançamento do Windows 8 em outubro de 2012, o Flat Design tem ganho cada vez mais adeptos. Até a Apple começou a abrir mão do tanto utilizado skeumorfismo para aderir ao flat. Mas, talvez por questões de orgulho, a Apple não deixou totalmente de colocar um efeito ou outro no seu design, ao contrário da própria Microsoft que utiliza um design minimalista com cores sólidas, formas rectangulares e tipografias muito bem trabalhadas – e nada mais do que isso!

Flat_Design_4

Mas não se engane! O Flat Design é um design simples e minimalista, mas está longe de ser um design fácil de se criar. O simples é complexo, o menos é mais!

Andréa Pacheco, User Experience Designer na Razorfish (agência de marketing digital presente em 9 países), menciona – aqui – que quando se reduz a interface ao essencial, valorizando o conteúdo e aproveitando ao máximo as cores e a tipografia, o resultado é um interface muito mais atraente e sofisticado, e por mais que este pareça simples não significa que seja fácil de se fazer.

Flat_Design_5

Flat_Design_6

Desenvolvimento

Para desenvolver uma página web, um aplicativo ou até mesmo uma apresentação com este conceito é necessário escolher de forma precisa todos os elementos e a sua exacta posição.

Quando se trabalha com o mínimo necessário, cada escolha errada é elevada à centésima potência e o erro fica muito mais evidente. É por isso que a escolha das cores, tipografias, formas e principalmente a diagramação destes elementos utilizados no Flat Design tem de ser minuciosamente escolhida de acordo com o objectivo da mensagem.

Todos os elementos estão presentes com um único objectivo, trazer clareza visual à comunicação proposta. A utilização de outros elementos, como por exemplo imagens, é bem-vinda e até interessante quando coerente com o resto dos elementos mais tradicionais do Flat Design. Como podemos ver no exemplo abaixo, justamente por se diferenciar do padrão do conceito, quebra a regra e gera uma surpresa agradável gerando um resultado inusitado.

Flat_Design_7

Flat_Design_8http://demo.tardigradestudio.com/themes/keylight/

O grande foco do Flat Design, assim como no Modernismo, é o utilizador. A função do design está acima da estética. E é por isso que é tão importante que seja didáctico e minimalista, interferindo o mínimo no conteúdo. É a elevação da experiência do utilizador.

Agora, se quiser uma apresentação “clean”, talvez queira uma apresentação tipo Microsoft. E não tipo Apple.

A SOAP já fez algumas apresentações deste tipo. Pode vê-las aqui:

Para saber mais: