MOMENTOS DECISIVOS

Como Escolher as Melhores Fontes para as Suas Apresentações

Comunicacao
31.498 views

Quando bem usado o texto pode ser um elemento visual importante nas suas apresentações. E por isso é fundamental que dedique algum tempo na escolha das melhores fontes para o texto das suas apresentações.

Como fontes diferentes podem transmitir sentimentos diferentes, quando a fonte certa é usada na situação certa, esta pode mesmo melhorar e fortalecer a sua mensagem e transmiti-la com o tom desejado.

A sua primeira preocupação, ao escolher as fontes, tem de ser a legibilidade. O tamanho mais adequado é, em geral, 20 a 25 pontos para títulos, e 16 a 18 pontos para textos corridos. Em auditórios grandes, com capacidade para mais de 200 pessoas, deve recorrer ao tamanho mínimo de 18, garantindo assim que todos os presentes conseguem ler bem.

O tamanho mínimo das fontes é um bom argumento para não encher demasiado os slides com texto. Além dos contratempos que isto pode gerar na apresentação, os slides com muito texto tornam-se visualmente poluídos. Em vez de desempenharem o papel de bom apoio visual, tornam-se confusos e acabam por não acrescentar nada à audiência.

A escolha de fontes também é importante. Em muitos casos, é aconselhável recorrer às chamadas fontes do sistema. São fontes-padrão que acompanham o sistema operacional Windows® e, por isso, costumam estar disponíveis em qualquer computador em que tiver de abrir a sua apresentação. Se utilizar uma fonte menos usual e inserir o seu ficheiro num computador que não tenha essa fonte instalada, o sistema substitui-la-á automaticamente por outra fonte, gerando, por vezes, perdas de formatação e prejuízos para o visual como um todo.

Entre as fontes de sistema disponíveis, a Arial e a Helvetica são óptimas opções e permitem uma excelente leitura. Os tipos Trebuchet e Century Gothic também são adequados, especialmente para quem queira fontes que se diferenciem das comuns. No caso de utilizar o Century Gothic tem de optar, no mínimo, pelo tamanho 18 ou 20, para garantir a legibilidade.

A vantagem das fontes convencionais é o facto de serem opções seguras. De qualquer forma, se pretende inovar, tenha em atenção as linhas, as curvas e os ângulos da fonte e opte por um tipo que fique coerente com o tom da apresentação.

Aqui ficam alguns exemplos de tipos de letra e os sentimentos e tons que cada um transmite:

Como Escolher as Melhores Fontes para as Suas Apresentações

Se tiver dúvidas em relação à legibilidade de uma fonte, faça o teste: depois de elaborar o slide, afaste-se um pouco do monitor e veja se consegue ler sem nenhum desconforto.

Por fim, tenha em atenção o uso de letras maiúsculas. Apostar nas maiúsculas para destacar texto nem sempre funciona. Embora facilite a leitura de algumas palavras isoladas, esta opção pode dificultar a fluidez na leitura de frases.